Feeds:
Posts
Comentários

Novos rumos

Estava a dias escrevendo um post para falar dos rumos que decidi tomar. Como não estava nem perto de acabá-lo, resolvi dar uma resumida definitiva.

Bom, eu e o Fernando Kamers do Meu Palmeiras, lançamos em 23 de fevereiro o site Porcopédia. Em conversas com ele, decidimos que era melhor eu largar esse blog para não dar confusão com o site da Porcopédia. E assim será.

O 1º post desse blog foi no dia 3 de junho de 2009 e o último havia sido o do lançamento da Porcopédia, dia 23 de fevereiro de 2010. Depois de pouco mais de 8 meses de vida, e 25.571 acessos (até o momento), chegou a hora de partir.

Apesar de ser um blog nanico da Mídia Palestrina, fiquei muito honrado com o número de visitas que ele alcançou. Jamais esperava isso quando tive a ideia de criá-lo. Em novembro de 2009, o blog viveu seu melhor momento, com 4.055 pageviews no mês e 135 pageviews/dia.

Não vou apagar esse blog, até por uma questão afetiva. Ele continuará aqui, mas sem nenhuma atualização.

A Porcopédia é minha prioridade, e é lá que eu estou gastando meu tempo. O Fernando também abriu um espaço para mim em seu blog, o que me deixou muito feliz, mas ainda não consegui escrever nenhum post. Desculpe Fernando, quando a poeira baixar eu prometo que escrevo. Eu também criei um novo blog, que não fala exclusivamente do Palmeiras, mas também do Palmeiras. E tem também o Twitter, onde estou sempre.

Enfim, agradeço a todos que aqui estiveram, visitando, comentando, criticando. Aos blogs parceiros que sempre deram uma força e acabaram virando amigos, em especial o Fernando Kamers do Meu Palmeiras, o Tito do Expatriated, a Tânia do Blog da Clorofila. Sem me esquecer da Lilian Trigo e dos comentários que ela fazia aqui e que sempre viravam conversas. E também os muitos amigos que acabei fazendo no Twitter. Todos, de alguma forma, ajudaram a transformar o sonho desse blogueiro no site da Porcopédia.

Meus sinceros agradecimentos. Muito obrigado, pessoal.


Fábio Tatu
19/03/2010
Fabio Tatu e seus dois tatuzinhos

Fabio Tatú e seus dois tatuzinhos

Agora eu estou aqui:

Sites e blogs

Porcopédia, a enciclopédia do Palmeiras
Meu Palmeiras (ainda escrevo lá, viu Kamers ?)
Tatulândia (meu novo blog)


Twitter

Porcopedia
Fabio Tatu


Meu Perfil no Orkut


Emails

Porcopédia (site) – (fabio@porcopedia.com)
Porcopédia no Gmail (porcopedia@gmail.com)


Formspring

Nasce a Porcopédia

Pois bem, vamos aproveitar a semana positiva para a apresentação de um novo e ousado projeto. Trata-se da Porcopédia, a Enciclopédia do Palmeiras.

A idéia surgiu em conversa com o amigo Fernando Kamers do MeuPalmeiras, pensando na utilização da ferramenta WIKI, a fim de tocarmos um projeto totalmente inovador em prol da Sociedade Esportiva Palmeiras. O objetivo é tornar o site um centro de pesquisas para todos os palmeirenses.

Como se trata de uma enciclopédia, o objetivo é simples: armezenar o maior conteúdo possível sobre esta grande Instituição, resgatando a sua história e fatos marcantes, inserindo o maior número possível de dados, estatísticas e informações referentes ao Palmeiras. A princípio vamos priorizar somente o futebol, para não abraçar mais do que os braços alcançam.

O projeto está sendo tocado a quatro mãos, por este que vos fala e o Fernando Kamers. Pretendemos convidar pessoas para nos ajudar na inclusão de conteúdo tornando-se colaboradores. Mas todos estão convidados a contribuir, seja com histórias, fotos, notícias, curiosidades, enfim, qualquer assunto referente ao Palmeiras. Nossos e-mails estão a disposição (fernando@porcopedia.com e fabio@porcopedia.com) e todo conteúdo enviado será devidamente inserido na Enciclopédia, com fonte e indicação da sua contribuição.

Sabemos que esse é um projeto ambicioso e por isso contamos com a participação de todos os palmeirenses. Convidamos a todos para participar porque temos todos um único objetivo: a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Contribua e ajude a contar esta história.

www.porcopedia.com

Parabéns, Matador !

Hoje, Evair Aparecido Paulino faz 45 anos de vida.

Evair, o matador, foi um dos maiores ídolos do Palmeiras e o maior camisa 9 que eu já vi jogar.

Começou a carreira como meia, nas divisões de base do Guarani. Antes havia feito testes no São Paulo, e não foi aceito. Quando se profissionalizou, em 1984, virou centroavante no Bugre a pedido do técnico Lori Sandri. Como meia, foi artilheiro em 3 temporadas na base bugrina e não foi difícil virar centroavante.

Foi vice-campeão e vice-artilheiro do Brasileirão de 1986. Artilheiro do Paulista de 1988 com 19 gols, Evair foi vendido para o Atalanta de Bérgamo. Após 3 temporadas, foi um dos ídolos dos nerazzurro, tendo Caniggia como companheiro de ataque e Stromberg armando as jogadas.

Em 1991, o Palmeiras fez um negócio da China. O clube italiano comprou Careca Bianchesi, outro ex-bugrino que fazia muitos gols no Palmeiras, por 700 mil dólares e deu Evair como moeda de troca.

Em 1992, foi afastado por Nelsinho Baptista (juntamente com o goleiro Ivan e o zagueiro Andrei) por deficiência técnica. Voltou quando Nelsinho caiu e Evair já tinha caído nas graças dos torcedores. No Palmeiras teve duas passagens, de 1991 a 1994, onde foi bi-campeão brasileiro e paulista (93/94) e campeão do Rio-SP (93).  Foi vendido em 1995 para o Yokohama Flugels e voltou ao Palmeiras em 1999, depois de passagens pelo Atlético-MG, Vasco (onde foi mais uma vez campeão brasileiro em 97) e Portuguesa. Se consagrou no Verdão com a conquista da Libertadores em 1999, marcando um dos gols na final. Saiu no final do ano, insatisfeito com a opção de Felipão por Asprilla, na final do Mundial Interclubes.

Em 2000 foi para o SP, onde jogou pouco. Ainda teve boas passagens pelo Goiás, Coritiba e Figueirense, onde encerrou a carreira.

Em 2004, virou técnico do Vila Nova de Goiânia, onde chegou as finais perdendo para o CRAC. Também dirigiu o Anápolis, o CRAC e esse ano estava no Itumbiara, todos clubes goianos.

No Palmeiras fez 245 jogos e fez 127 gols, se tornando o 6º maior artilheiro da história do Palmeiras.

Evair não foi só um craque, foi um gênio da bola. Esse blog presta uma homenagem ao eterno Evair, o matador de defesas e goleiros.

Parabéns, Evair.

Quando ajeitei a bola na marca do pênalti, levantei a cabeça e vi na arquibancada os palmeirenses em pé – Evair, sobre o quarto gol que decretou a vitória diante do Corinthians e o campeonato paulista de 93 para o Palmeiras, depois de uma fila de 16 anos.




Gols de Evair na final de 93 e 94


Alguns gols do gênio da bola

A la Pig Pancada

– Alô, Gilberto ?
– Sim.
– Oi Gilberto, aqui é o Robério.
– Oi Robério. E aí, você fez aquilo que te pedi ?
– Ahn, claro. Os búzios aqui disseram…na verdade, ehr. Olha Gilberto, o Palmeiras só será campeão novamente quando tiver um camisa 10 que joga na Turquia. Os búzios, entende ?

– Sim, entendi perfeitamente. Olha Robério, vou levar isso adiante e não medirei esforços nesse sentido. Te agradeço novamente, viu ?
– Claro, claro, Gilberto. Um grande abraço.
(1 mês depois, Robério está almoçando e sintoniza a TV em um programa de esportes, onde o Palmeiras anuncia seu mais novo reforço)

– Alô, Gilberto ?
– Pois não ?
– É o Robério.
– Oi Robério. Olha, fizemos aquilo que você nos orientou. Inclusive estou nesse momento na apresentação do camisa 10 e não posso falar agora.
– Gilberto, esse jogador é o camisa 10 que joga na Turquia ?
– Ele mesmo ! É o 10 do Galatasaray !
– Gilberto, o camisa 10 era outro. O do Fenerbahçe !!



*** Quem me contou essa foi o camarada Tito Expatriated. O post não tem a mesma categoria, mas é também uma homenagem ao ótimo blog Pig Pancada.

No relativamente curto período em que defendeu o Palmeiras, de janeiro de 1956 a abril de 1958, Mazzola chegou a ser treinado por Mário Vianna, famoso como ex-árbitro, depois como comentarista, mas que em 1957 aventurou-se como técnico do Verdão. Segundo Mazzola, era um jogo contra a Portuguesa Santista, que Vianna assistia atrás de um dos gols do pequeno estádio Ulrico Mursa, grudado ao alambrado. A certa altura, depois de uma bola cruzada para a área e recolhida pelo goleiro da Lusinha, a voz do técnico começou a ecoar pelo estádio vazio, ordenando: “Acossa ele, acossa ele!”.

Mazzola confessa que não era muito do seu estilo aquela história de acossar o goleiro. Mas resolveu ir pra cima dele, só pra não ficar mal com o treinador. De repente, o goleiro da Portuguesa Santista se atrapalha com a bola e acaba entregando-a de presente nos pés de Mazzola, que só tem o trabalho de empurrá-la para dentro do gol.

Enquanto comemorava com os companheiros, Mazzola ainda teve tempo de observar a reação de Mário Vianna do outro lado do alambrado, que satisfeito e bem ao seu estilo, mãos erguidas para o céu, não parava de berrar: “Esse gol é meu! Esse gol é meu!!!”



História retirada das colunas do Celso Unzelte no Yahoo.   Clique aqui e confira as histórias do futebol.

Finalmente apareceu o vídeo do “Fatality” do Lincoln na Renata Fan.

Assista e tire suas conclusões.

Vi através do Twitter do Fernando Busato.

O Palmeiras apresentou hoje seu mais novo reforço. Trata-se do meia Lincoln, que estava no Galatasaray da Turquia e assinou com o Verdão por dois anos.

Meia habilidoso, Lincoln foi revelado pelo Atlético-MG e vendido ao futebol alemão em 2001. Após 10 anos na Europa, o meia de 31 anos volta ao Brasil para defender as cores do Palmeiras.

Muita sorte ao Lincoln e que faça muito sucesso com a camisa 99 do Palmeiras.


Cássio de Souza Soares (Lincoln)
22 de janeiro de 1979, Belo Horizonte (MG)
1,75m – 76 kg

Clubes:
Atlético-MG (1997-2001)
Kaiserslautern-ALE (2001-2004)
Schalke 04-ALE (2004-2007)
Galatasaray-TUR (2007-2010)
Palmeiras (2010)


Títulos:
Bi-campeão mineiro (Atlético-MG): 1999,2000
Copa Intertoto UEFA (Schalke 04): 2004
Copa da Liga Alemã (Schalke 04): 2005
Campeão Turco (Galatasaray): 2008
Super Copa da Turquia (Galatasaray): 2008


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.