Feeds:
Posts
Comentários

Archive for julho \31\UTC 2009

Ainda sobre o Derby, Obina entrou para um seleto grupo de jogadores palmeirenses: os que fizeram hat-trick (3 gols) em um Derby. O maior goleador em um único Derby continua sendo Romeu Pellicciari, que fez 4 gols em 5 de novembro de 1933, quando o Palestra bateu o Corinthians por 8×0 (no mesmo jogo, Imparato fez seu hat-trick).

1917 – Caetano
1918 – Heitor
1933 – Imparato
1946 – Lima
1958 – Paulinho
1964 – Servílio
1970 – César Maluco
1994 – Evair
1995 – Magrão
2000 – Alex
2009 – Obina
Anúncios

Read Full Post »

Ontem foi um dia cheio de trabalho e sem tempo para escrever sobre a vitória do Palmeiras contra o Flu. Vitória magra mas que nos deixou na liderança do campeonato após a derrota do Galo para o Flamengo (esse Flamengo é uma mãe para nós!).

Segundo o ótimo site “Futebol em números” do Rodolfo Rodrigues (já coloquei nos links), ficamos sabendo que desde 2003 (ano que foi adotado o campeonato de pontos corridos), nosso Palestra já foi líder do campeonato por 8 rodadas. Cinco rodadas em 2004, duas ano passado e a atual rodada em 2009. Amanhã jogaremos novamente na Ilha do Recife contra os pernambucanos do Sport. É importante vencer o jogo de amanhã, não somente para a manutenção da liderança mas porque:

– estamos embalados

– estamos jogando bem fora de casa

– o adversário está na maior draga

– jogamos completos

– o adversário está de técnico interino (já perderam o gênio Nelsinho Baptista e recentemente Émerson Leão) e terá os desfalques do idoso lateral Dutra (suspenso) além de César e Guto que serão julgados hoje e poderão desfalcar o time pernambucano. Aliás, daquele Sport que enfrentamos por 4 vezes na Libertadores (2V, 1E, 1D), dos titulares, restam apenas o goleiro Magrão, Durval, Igor e Luciano Henrique.


Vamos lá, Verdão !

Read Full Post »

Chocolate garoto

Read Full Post »

…desde que isso não atrapalhe o padre que estiver te dando a extrema unção.


AC/DC – Whole lotta Rosie

Let There be Rock” – faixa 8

Bon Scott – v

Angus Young – g

Malcolm Young – g

Mark Evans – bx

Phil Rudd – bt


Read Full Post »

Como dizia Jardel, o filósofo do futebol, clássico é clássico e vice versa. Mas o “Derby” é muito mais que um clássico, é o maior dos clássicos. E o fato que eles não nos venciam a quase 3 anos (e só marcaram UM gol nesses mesmos 3 anos, aquele que o gordo derrubou o alambrado), era só mais um ingrediente desse tão esperado Palmeiras x Corinthians.


A torcida que canta e vibra

As primeiras imagens que chegavam de Presidente Prudente mostravam o espetáculo que a Mancha nos proporcionou. Uma bandeira da Itália se formou e em cada cor (verde, branca e vermelha) apareceram as iniciais SEP. Parabéns a toda nossa torcida que, pra variar, deu show.

O jogo

O jogo começou morno mas bastaram alguns minutos para que o Palmeiras acertasse a trave de Felipe.  Na sequência do lance, Armero lança Diego Souza, que mata a bola no peito em posição legal e o bandeira Edmílson Corona marca impedimento. Ali começava mais uma péssima atuação do trio de arbitragem, que bem que tentou mas não conseguiu nos tirar nenhum ponto na tarde de ontem. O time verde manteve a pressão e aos 30, Wendel recebe na direita, Pierre faz a ultrapassagem, recebe e cruza na medida para Obina, que se livra da marcação de Chicão e faz um golaço de cabeça. E pra quem caiu na choradeira do zagueiro gambá ou do Godoy da Band, veja a imagem abaixo. Ela mostra o momento que Pierre chega para o cruzamento e Chicão, com o braço direito, segura a camisa de Obina. Na sequência os dois trocam puxões, um querendo segurar o atacante e o outro se desvencilhar do zagueiro. Portanto, seu Godoy, lance legal. Se houve falta, ela aconteceu na origem no lance, e teria que ser marcada penalidade para o Palmeiras.

Obina-Chicão

A partir do gol, o Palmeiras foi pra frente e por pouco não aumenta o placar ainda no 1º tempo. Diego Souza, sempre ele, driblou todo mundo pela lateral esquerda e na hora da assistência, o zagueiro colocou pra escanteio. Na cobrança, Diego quase faz de cabeça. O Corinthians chegou somente no final do 1º tempo, e teve um gol bem anulado. Dentinho fez em completo impedimento.

No 2º tempo os gambás resolveram ir ao ataque mas não levavam perigo ao gol de Marcos. A “reação” parou por ali. Aos 13, Chicão faz um pênalti bizonho em Cleiton Xavier. Obina bateu e fez mas o péssimo Gaciba mandou voltar. O safado de amarelo queria arredondar o jogo, um empatezinho parece que lhe cai bem. Mas como dizem que Obina é melhor que o Eto´o, nosso acarajé-man bateu no mesmo canto e fez 2×0. Obina mostrou personalidade em bater 2 pênaltis em um Derbye a goleada estava se desenhando. Cinco minutos depois, uma bola espanada para o ataque, Obina ganha de cabeça de Moradei e a bola sobra para CX. O meia leva a bola até perto de Felipe e serve Obina, que só teve o trabalho de empurrar pra dentro. Estava servido o chocolate. Se quisesse o Verdão poderia aumentar o placar mas o time só tocou a bola, colocou os manos da roda e esperou o apito final.

O árbitro

Gaciba teve uma péssima arbitragem, amarrou o jogo, qualquer contato marcava faltas, principalmente para eles. Apitou no velho estilo brazuca de arbitragem “clássico bom é o que termina empatado”. Em uma dividida com Pierre, Jorge Henrique deixou os dois pés na cabeça do volante. Para Gaciba não aconteceu nada. No 2º tempo o mesmo Jorge Henrique dá um pontapé em Deyvid Sacconi, na cara do árbitro, mas Gaciba não se faz por vencido. Amarelo valeu para Obina que dividiu uma bola solando. Quer dizer, para Gaciba, dar pontapé pode, solar não. Os lances corinthianos foram muito evidentes para que ele deixasse passar, como o pênalti bizonho de Chicão, o gol em completo impedimento de Dentinho e a expulsão de Alessandro. Não fossem tão evidentes, Gaciba deixaria rolar. É bom que nossa diretoria fique de olho nessa turma. Já foram 7 pontos robados na mão grande e que poderão tirar o campeonato do Palmeiras. Pelo menos Belluzzo se manifestou contra a terrível gatunagem de Evandro Roman, no meio da semana.

E seguimos colados no líder, que lidera o Brasileirão com 1 gol a mais que nós. Na próxima 4ª temos tudo para terminar a rodada em 1º pois pegamos o caído Flu em casa enquanto o Galo joga no Maracanã contra o Flamengo.

Vamos lá Palmeiras, rumo à liderança.

Resultados do 331º Derby:

  • Troféu Osvaldo Brandão é nosso
  • Obina ao cubo
  • Diego Souza 100 vezes Palmeiras
  • Freguês bom é freguês fiel !

Read Full Post »

Isso aqui é chocolate, meu filho !!!
Palmeiras 3 x 0 gambás

Obina´a

Read Full Post »

Ontem, depois de ver aquele assalto à mão armada, fui dormir com a cabeça quente. Perder 3 pontos na mão grande é de perder as esperanças no campeonato brasileiro. Do jogo em sí não dá vontade de falar. Como bem lembrou o Conrado Parmerista!, esse Evandro Rogério Roman tem doutorado em safadeza e gatunagem. Vale lembrar também que pelos pequenos erros no jogo citado pelo Conrado (Londrina x Eng. Beltrão), Roman pegou gancho de apenas dois jogos na Copa do Brasil. O que fez ontem deve lhe valer alguma medalha da comissão de arbitragem.

No lance com Wendel, Roman estava a um metro do lance. Até quem estava fora do estádio viu que o desarme foi limpo e que não houve falta no atacante do Goiás.

Vergonhosa essa arbitragem porca (que não tem nada a ver conosco) e caseira do vagabundo de preto.

Por conta disso, estou preparando o ranking dos gatunos que já roubaram o Palmeiras.

Read Full Post »

Older Posts »