Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Aniversários’ Category

Hoje, Evair Aparecido Paulino faz 45 anos de vida.

Evair, o matador, foi um dos maiores ídolos do Palmeiras e o maior camisa 9 que eu já vi jogar.

Começou a carreira como meia, nas divisões de base do Guarani. Antes havia feito testes no São Paulo, e não foi aceito. Quando se profissionalizou, em 1984, virou centroavante no Bugre a pedido do técnico Lori Sandri. Como meia, foi artilheiro em 3 temporadas na base bugrina e não foi difícil virar centroavante.

Foi vice-campeão e vice-artilheiro do Brasileirão de 1986. Artilheiro do Paulista de 1988 com 19 gols, Evair foi vendido para o Atalanta de Bérgamo. Após 3 temporadas, foi um dos ídolos dos nerazzurro, tendo Caniggia como companheiro de ataque e Stromberg armando as jogadas.

Em 1991, o Palmeiras fez um negócio da China. O clube italiano comprou Careca Bianchesi, outro ex-bugrino que fazia muitos gols no Palmeiras, por 700 mil dólares e deu Evair como moeda de troca.

Em 1992, foi afastado por Nelsinho Baptista (juntamente com o goleiro Ivan e o zagueiro Andrei) por deficiência técnica. Voltou quando Nelsinho caiu e Evair já tinha caído nas graças dos torcedores. No Palmeiras teve duas passagens, de 1991 a 1994, onde foi bi-campeão brasileiro e paulista (93/94) e campeão do Rio-SP (93).  Foi vendido em 1995 para o Yokohama Flugels e voltou ao Palmeiras em 1999, depois de passagens pelo Atlético-MG, Vasco (onde foi mais uma vez campeão brasileiro em 97) e Portuguesa. Se consagrou no Verdão com a conquista da Libertadores em 1999, marcando um dos gols na final. Saiu no final do ano, insatisfeito com a opção de Felipão por Asprilla, na final do Mundial Interclubes.

Em 2000 foi para o SP, onde jogou pouco. Ainda teve boas passagens pelo Goiás, Coritiba e Figueirense, onde encerrou a carreira.

Em 2004, virou técnico do Vila Nova de Goiânia, onde chegou as finais perdendo para o CRAC. Também dirigiu o Anápolis, o CRAC e esse ano estava no Itumbiara, todos clubes goianos.

No Palmeiras fez 245 jogos e fez 127 gols, se tornando o 6º maior artilheiro da história do Palmeiras.

Evair não foi só um craque, foi um gênio da bola. Esse blog presta uma homenagem ao eterno Evair, o matador de defesas e goleiros.

Parabéns, Evair.

Quando ajeitei a bola na marca do pênalti, levantei a cabeça e vi na arquibancada os palmeirenses em pé – Evair, sobre o quarto gol que decretou a vitória diante do Corinthians e o campeonato paulista de 93 para o Palmeiras, depois de uma fila de 16 anos.




Gols de Evair na final de 93 e 94


Alguns gols do gênio da bola

Anúncios

Read Full Post »

Parabéns Mike Patton

Hoje  Mr. Michael Allan Patton, ou simplesmente Mike Patton como é muldialmente conhecido, completa 42 anos de vida.

Nesta data, este blog presta uma singela homenagem ao vocalista do Faith No More, que ano passado, prestou outra singela homenagem ao Palmeiras.

Parabéns Mike Patton !

Palmeiras ! Palmeiras !

Read Full Post »

John Cleese, 70

Hoje John Cleese completa 70 primaveras.

Parabéns a um dos meus Pythons preferidos.

 

Read Full Post »

Vinte e três de outubro de 1906. Campo de Bagatelle, Paris. Alberto Santos Dumond e seu 14-Bis decolam e voam por cerca de 60 metros, a 3 metros de altura. Santos Dumond foi o 1º homem a levantar vôo por meios próprios, com um aparelho mais pesado que o ar e sem a necessidade de uma rampa ou catapulta para o lançamento.

Além do 14-Bis, Santos Dumond criou também o Demoiselle.

É considerado aqui e em muitos países “O Pai da Aviação”.


O vôo do 14-Bis


E o do Demoiselle


E num mesmo 23 de outubro, só que de 1940, nascia o maior jogador de futebol de todos os tempos: Pelé.


Veja o gol que Pelé não fez:

Read Full Post »

Parabéns ao grande lateral esquerdo Pedro Luiz Vicençote, o Pedrinho, que completa hoje 52 anos. Pedrinho foi um dos melhores laterais do Palmeiras das últimas décadas.

Revelado pelo Palmeiras na Taça SP de Juniores, Pedrinho fez sua estreia pelo Verdão em 1978. Depois de 3 anos, deixou o Palmeiras e foi para o Vasco. Pedrinho foi reserva de Júnior na Copa de 82.

Foi o Bola de Prata da Revista Placar como melhor lateral esquerdo do país. Hoje Pedrinho Vicençote é empresário de jogadores.


Pedro Luiz Vicençote

Santo André/SP (22/10/1957)
225 jogos – 17 gols


Clubes:

Juniores – Palmeiras (75-76)
Palmeiras (77-81)
Vasco da Gama (81-83)
Catania/ITA (83-86)
Vasco da Gama (86)
Bangu (87-88)


Seleção Brasileira

16 jogos, 1 gol (79-83)

Pedrinho

Read Full Post »