Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Campeonato Brasileiro’ Category

Esse ano foi um dos piores que eu já acompanhei como torcedor. Pior que 2002 quando caímos para a segundona. Vejamos:

– lideramos o Paulista de ponta a ponta, com larga folga. Nas semis, perdemos as duas partidas para um Santos que não fez frente aos gambás. Fim de campeonato melancólico.

– Na Libertadores, passamos fácil pela pré. Na fase de grupos, arrancamos uma classificação que parecia impossível, com um gol incrível de CX ao apagar das luzes em Santiago. Nas 8as, imaginávamos um time aguerrido pela forma como conquistou a classificação. Ledo engano. Passamos nos pênaltis após tomar um gol no final do 2ºtempo. Nas 8as, contra um adversário de tradição mas sem a mesma força de anos atrás, conseguimos entregar uma classificação que parecia certa. Fim de campeonato melancólico.

– No Brasileirão passamos 19 rodadas, ou metade do campeonato, na liderança. Sem falar nas rodadas no G4. No final, quando tínhamos tudo para abrir imensa vantagem jogando contra adversários muito mais fracos, o time virou o fio. E foi se arrastando nos últimos 8, 10 jogos, até conseguir a façanha de perder uma vaga na Libertadores dada como certa. Fim de campeonato melancólico.

Tenho 38 anos e me tornei torcedor no pior período da história do clube, na malfadada década de 80, também chamada de década perdida. Em 76, o último título, eu tinha só 5 anos e não tenho lembranças dessa época. Não fosse um tio fanático, que me levou em quase todos os jogos do Palmeiras na década de 80, vá saber se a essa hora eu estaria aqui, com um misto de frustração, indignação e tristeza pelo meu time. Esse time de 2009 é um dos piores que vi, o que mais estragos fez no coração de sua própria torcida. Torcida, diga-se de passagem, que esteve sempre presente, apesar do ingresso no Palestra ser o mais caro do país. Como disse o amigo Tito do Expatriated sobre os times da década de 80, “os times de 20 anos atrás podiam ser horríveis, mas eram compostos por homens. Muitos não sabiam jogar futebol, é fato. Contudo se esforçavam dentro de campo.”. Na época, as derrotas não eram tão doloridas(ok, 86 foi triste) como agora, com essas falsas promessas de dirigentes, falsos craques, time falso.

Recomendo a leitura do do post indignado do Tito. Concordo com quase tudo que ele escreve ali. Só tiro do balaio de jogadores que não prestam pra vestir nosso manto: Figueroa, Danilo, Maurício Ramos, Cleiton Xavier, Deyvid Sacconi e Ortigoza. Claro, deixando Marcos, Pierre, Wendel e Bruno, além de Valdivia e Kléber, jogadores que honram e honraram nosso manto. Outra: espero que ele reavalie sobre sua decisão de não falar mais do Palmeiras.

Tito, o amor que sentimos por esse clube é muito maior que meia dúzia de picaretas que não são dignos de vestir nosso manto.  Aqui é Palmeiras, meu camarada !

Leia aqui o post do Tito.

Anúncios

Read Full Post »

Belluzzo pegou gancho de 120 dias por chamar Simon de juíz de gaveta e mostrar como o STJD atua nos julgamentos. Se as trancinhas do jogador forem rubro-negras, mais sorte ele terá nos tribunais.

Não bastasse a perseguição sofrida em um tribunal de araque, agora Belluzzo corre riscos de punição na justiça “comum”. O promotor Paulo Castillo pediu abertura de um inquérito porque o presidente do Palmeiras gritou “vamos matar os bambis” na festa da Mancha Verde.

Ainda bem que temos pessoas de bem, como Schimitt e Castillo, para nos proteger de pessoas tão perigosas e nefastas quanto Belluzzo. A sociedade fica mais aliviada por contar sempre com a conduta de tão corretos cidadãos de bem.

O palmeirense sabe que as declarações de dirigentes ou jogadores de outras equipes, especialmente falando dos gambás e bambis, a justiça “comum” e desportiva não tem a mesma rapidez e vontade na apuração das coisas.

Ontem o STJD reverteu a pena imposta aos bambis (perda de um mando de campo por invasão de torcedor) e livrou a cara do volante Jean. Borges e Dagoberto, mantiveram a pena de 3 jogos.A certeza da diretoria do SPFW que eles conseguiriam reverter a perda de campo era tanta, que as bibas já comercializavam ingressos para o jogo contra o Sport no Panetone. Isso mesmo, antes mesmo do julgamento, que impossibilitaria o jogo ser no panetone, os leonores vendiam ingressos para seus simpatizantes.

A mariposa ajoelhadora, que uma vez disse suspeitar das atitudes do mesmo Simon logo após ser expulso no jogo contra o Santos, não recebeu nenhuma menção de ser chamado no tribunal. Segundo Schmitt, Ceni apenas emitiu sua opinião sobre Simon.

Agora torcedor, veja o que o goleiro de hóquei escreveu hoje em seu Twitter:


Fiquei feliz com a liberação do Morumbi, mas triste pela sacanagem do STJD com Borges e Dagoberto. Estão armando pra não sermos campeões.

Borges e Dagoberto seriam importantes nestes jogos decisivos, mas mãos grandes e bairristas do RJ querem nos atrapalhar. Não conseguirão.

Agora só falta suspender André Dias e Hugo por causa do jogo contra o Vitória. Ou melhor, só falta me suspenderem pelo que escrevo aqui.


Rogério Ceni fala sobre “sacanagem” do STJD, diz que estão armando para não serem campeões e finaliza com um tapa na cara do tribunal. Que a “mão grande” do bairrista STJD quer atrapalhar o time do Jardim Leonor. Termina com uma ameaça e uma certeza que tem carta branca para falar o que quer, diferente de Belluzzo ou alguém do Palmeiras.

Dá nojo ver o que se tornou o futebol brasileiro. No fundo, Cenis, Schmitts, Globos e impren$a e$portiva, são todos da mesma famiglia. E todos se merecem. Os amantes do verdadeiro futebol é que não merecem tantos patifes, canalhas e picaretas.

 

Read Full Post »

Vira e mexe, quando o Palmeiras passa por alguma situação ruim, sempre aparece um patife querendo aparecer às custas da Sociedade Esportiva Palmeiras.

Nunes, o atacante do futuro rebaixado Santo André, falou poucas e boas após a derrota do Verdão. Em seus 15 minutos de fama, até a imprensa tentou o colocar nos bambis em 2010. Voltou ao ostracismo.

Ricky, o jogador mais macho do outro lado do muro, sempre dá declarações alfinetando o Palmeiras.

Dessa vez foi o “craque” leonor (craque para a impren$a bambi, claro) Jorge Wagner. O jogador condenou a briga de Maurício e Obina. Suas palavras:

É lamentável que aconteça isso em campo, nós temos que dar exemplo e com certeza tem que partir de nós tudo o que é visto no estádio. Fui à missa do padre Marcelo (Rossi) ontem, (quinta) com o Washington e o Arouca, e ele disse que ia fazer uma campanha no próximo ano para incentivar o torcedor a levar a família aos estádios para pregar a paz. E isso também tem que partir dos jogadores.


Não custa nada lembrar aos esquecidos leonores, que duas moçoilas do time onde eles jogam, protagonizaram uma briga no jogo contra o Vitória. E é óbvio, a arbitragem fez que não era com ela e se “esqueceu” de expulsar os brigões. Não me lembro de Jorge Wagner falando que foi a missa (ah, como são fervorosos os canalhas) do Padre Marcelo e condenando as atitudes dos jogadores bambis.

Naquele antro de canalhas, eles logo trataram de desmentir as imagens transformando as agressões em uma simples discussão. Tudo bem, não dá pra esperar honestidade vindo do outro lado do muro.

Read Full Post »

Mídia Palestrina

O Fernando Kamers do Meu Palmeiras mostra aqui como a imprensa esportiva trata de dois casos iguais, mas de forma bem diferente. As brigas entre Maurício e Obina x Hugo e André Dias.

Em um ótimo texto, o Ademir Castellari do Forza Palestra mostra aqui que a lógica não é o forte de Juquinha. E mais uma vez o arauto da moralidade tomou toco do Prof. Belluzzo.

Read Full Post »

Elenco fraco, falta de comprometimento de alguns jogadores, bundões na diretoria de futebol, um parceiro que vê mais o Palmeiras como vitrine de jogadores e menos como parceiro, diretoria omissa na hora de chamar alguns na xinxa, técnico que escala/mexe mal e perdeu a mão do elenco, erros crassos de arbitragens, falta de poder de fogo nos bastidores (leia-se STJBambi), mudanças na tabela pela dona do campeonato para ajustes na grade de programação, falta de sorte. Afinal, de quem é a culpa por mais um final de ano vexatório ?

Na minha opinião, um pouco de tudo fizeram o caldo entornar.

Desde que eu acompanho futebol, não me recordo de um título tão entregue como esse. O Palmeiras ficou 19 rodadas, um turno inteiro, na liderança. Teve algumas rodadas “dadas” de lambuja pelos concorrentes diretos, teve gordura de sobra para queimar. E quando na reta final se espera um time mais maduro, calejado, acontece exatamente o contrário.

O Tânia Clorifila já havia escrito um ótimo texto – Palmeiras, o poderoso rival de si mesmo – lá no final de outubro, quando o time já dava mostras que algo de podre estava no ar.

Recomendo a leitura do ótimo texto do Tito – O último ato da Opera Buffa – sobre a falta da capacidade de planejamento da diretoria de futebol, que aí está a 3 anos.

Ontem fui dormir pensando porque todo final de ano é a mesma coisa. O elenco racha, o time perde o gás na reta final e mais um ano vai pro saco. Ano passado, apesar da banda podre, o Palmeiras ganhou de bandeja do Flamengo a vaga para Libertadores. Mas esteve perto de lutar pelo título. Em 2007, o time de Caio Jr deixou escapar uma vaga de Libertadores para ficar com a Sulamericana, no final do torneio. Sem falar em 2006, que o time terminou em 16º, o 1º fora do G-4.

Estamos patinando, ano após ano, montando e desmontando elencos. O Palmeiras virou o time do ano que vem.

 

Read Full Post »

Tem jogador experiente fazendo corpo mole porque ano que vem vai embora ou vai embora ano que vem porque está fazendo corpo mole ?

O elenco do Palmeiras rachou porque perdeu o campeonato ou o Palmeiras perdeu o campeonato porque o elenco rachou ?

O Palmeiras perdeu o campeonato porque tem o elenco fraco ou porque o elenco é fraco o Palmeiras perdeu o campeonato ?

 

Read Full Post »

Ontem o tribunal de fachada, também conhecido por STJBambi ou SPJD, aplicou pena de 9 meses ao presidente Luiz Gonzaga Belluzzo. O presidente do Palmeiras foi punido por chamar Simon de ladrão e mostrar como os canalhas do tribunal julgam, de acordo com as cores das trancinhas do réu.

Simon, o protagonista do assalto, foi “punido” pela CBF e ganhou folga de 3 rodadas. Mas apitou  River Plate (URU) x LDU pela Sulamericana, na semana passada. Dizem que está escalado para apitar o Mundial de Clubes e tem o carimbo no passaporte para apitar sua 3ª Copa do Mundo.

Ontem mesmo, o mesmo tribunal de fachada, absolveu Alan do Fluminense. Aquele que deu uma cabeçada em Armero, na cara do bandeirinha. Afinal, Alan que é peça importante para tirar o time carioca do rebaixamento, não poderia ficar de fora nessa fase decisiva.

Marcos e Danilo também foram absolvidos na última 2ª-feira. Aguardemos o julgamento dos bambis Dagoberto, Borges e Jean. E o time do JD. Leonor ainda irá recorrer contra a decisão da suspensão do Panetone por invasão de um torcedor. Resta esperar quais atitudes esse tribunal vagabundo irá tomar. Tudo o que eles fazem é suspeito.

Coincidência ou não, depois que os holofotes apontaram para essa gente de gravata, não tivemos mais um campeão legítimo no futebol. Só patifarias.

Read Full Post »

Older Posts »