Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘86’

Esse ano foi um dos piores que eu já acompanhei como torcedor. Pior que 2002 quando caímos para a segundona. Vejamos:

– lideramos o Paulista de ponta a ponta, com larga folga. Nas semis, perdemos as duas partidas para um Santos que não fez frente aos gambás. Fim de campeonato melancólico.

– Na Libertadores, passamos fácil pela pré. Na fase de grupos, arrancamos uma classificação que parecia impossível, com um gol incrível de CX ao apagar das luzes em Santiago. Nas 8as, imaginávamos um time aguerrido pela forma como conquistou a classificação. Ledo engano. Passamos nos pênaltis após tomar um gol no final do 2ºtempo. Nas 8as, contra um adversário de tradição mas sem a mesma força de anos atrás, conseguimos entregar uma classificação que parecia certa. Fim de campeonato melancólico.

– No Brasileirão passamos 19 rodadas, ou metade do campeonato, na liderança. Sem falar nas rodadas no G4. No final, quando tínhamos tudo para abrir imensa vantagem jogando contra adversários muito mais fracos, o time virou o fio. E foi se arrastando nos últimos 8, 10 jogos, até conseguir a façanha de perder uma vaga na Libertadores dada como certa. Fim de campeonato melancólico.

Tenho 38 anos e me tornei torcedor no pior período da história do clube, na malfadada década de 80, também chamada de década perdida. Em 76, o último título, eu tinha só 5 anos e não tenho lembranças dessa época. Não fosse um tio fanático, que me levou em quase todos os jogos do Palmeiras na década de 80, vá saber se a essa hora eu estaria aqui, com um misto de frustração, indignação e tristeza pelo meu time. Esse time de 2009 é um dos piores que vi, o que mais estragos fez no coração de sua própria torcida. Torcida, diga-se de passagem, que esteve sempre presente, apesar do ingresso no Palestra ser o mais caro do país. Como disse o amigo Tito do Expatriated sobre os times da década de 80, “os times de 20 anos atrás podiam ser horríveis, mas eram compostos por homens. Muitos não sabiam jogar futebol, é fato. Contudo se esforçavam dentro de campo.”. Na época, as derrotas não eram tão doloridas(ok, 86 foi triste) como agora, com essas falsas promessas de dirigentes, falsos craques, time falso.

Recomendo a leitura do do post indignado do Tito. Concordo com quase tudo que ele escreve ali. Só tiro do balaio de jogadores que não prestam pra vestir nosso manto: Figueroa, Danilo, Maurício Ramos, Cleiton Xavier, Deyvid Sacconi e Ortigoza. Claro, deixando Marcos, Pierre, Wendel e Bruno, além de Valdivia e Kléber, jogadores que honram e honraram nosso manto. Outra: espero que ele reavalie sobre sua decisão de não falar mais do Palmeiras.

Tito, o amor que sentimos por esse clube é muito maior que meia dúzia de picaretas que não são dignos de vestir nosso manto.  Aqui é Palmeiras, meu camarada !

Leia aqui o post do Tito.

Read Full Post »