Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Arbitragem’

Rankings dos gatunos de preto e os pontos que nos foram tirados na mão grande:

Total (até o momento e contando):

2 pontos


Paulo César de Oliveira  (SP) – 2 pontos


* Paulo César de Oliveira
(21/01/10, Barueri x Palmeiras) – Pênalti para o Barueri. Tadeu cobra na trave e a bola volta para o meio da área. Carlos Eduardo toca para Tadeu, completamente impedido, que faz o gol.  Ainda no 1º tempo, Paulo César de Oliveira não marca pênalti claro em Diego Souza.

Veja também o ranking dos gatunos de preto do Brasileirão 2009.

Read Full Post »

Ontem vimos mais um papelão desse campeonato de pontos roubados. O SPFW venceu o Vitória por 2×0 e abriu uma grande vantagem para ganhar o título.

No 1º gol, no começo da jogada, Jorge Wagner dá um passe a Washington QUE ESTÁ IMPEDIDO. Mas no panetone as regras são outras a muito tempo. Impedimento contra o time da casa ? Nem pênaltis dão mais quanto mais impedimentos. Mas falar de apito amigo rosa é chover no molhado. Todos os últimos jogos estão recheados de lances que beneficiam o time do Jardim Leonor. Lembremos:

  • – Grêmio 1×1 SPFW –> apesar de ter 3 atletas expulsos, um pênalti claro em Fábio Santos do Grêmio não foi marcado.
  • – SPFW 1×0 Barueri –> o jogo em que o Barueri resolveu punir o futebol, afastando seu goleiro e seu atilheiro por suposta mala-branca. Os atletas foram punidos apenas por 1 jogo, coincidentemente contra o SPFW. Sem falar de outro pênalti claro de Renato Silva em Otacílio Neto, obviamente não marcado.
  • –  SPFW 1×1 Gambás – gol IMPEDIDO de Washington.
  • – Santo André 1×1 SPFW – o pênalti mais pênalti da história, de Miranda em Fernando, não é marcado quando o jogo estava 0x0.
  • – SPFW 2×0 Avaí – quando o jogo estava 0x0, o Avaí fez um gol LEGAL, mas anulado pelo juizão rosa.

Isso são somente os últimos jogos que me vem a memória. O Parmerista! começou um dossiê no começo do campeonato mas não sei porque não o atualizou mais. Parou na 10ª rodada. Claro que erros acontecem para todos os lados, mas o time leonor é tetra-campeão de erros de juízes. Talvez isso explique um pouco de suas últimas conquistas. Sem falar no sempre amigo dos bambis, o STJBambi.

Mas deixando a roubalheira e ladroagem de lado, o motivo desse post é para falar sobre o caráter (ou a falta dele) da turma que joga do outro lado do muro. Isso vem de berço como todos sabemos. A história está repleta de acontecimentos que mostram que os dirigentes rosas não tem caráter a muito tempo. Mas quero focar nos atletas, especificamente na partida ontem.

Como o Brasil todo viu, e mais uma vez o árbitro não, dois bambis saíram no tapa quando a peleja ainda estava 0x0. O que manda a regra em caso do agressão ? Cartão amarelo ? Se fossem de times diferentes, o juíz daria somente um amarelinho para quem dá um tapa na cara do outro ? E esse outro vai atrás do agressor tentando o revide enquanto é contido pelos colegas de time, também faz parte do futebol ?

Notem, aos 28 segundos do vídeo abaixo, o técnico Vágner Mancini tentando “lembrar” o árbitro sobre as regras do futebol, diz: “Ei, ei, tem que expulsar. O cara deu um tapa na cara do outro.”. Depois, vai ao 4º árbitro e pergunta: “Por que dar um tapa na cara é amarelo ? Por que motivo agressão é amarelo ? Um deu um tapa na cara do outro, eu vi. Mas não eram pra ser expulsos, os dois ?”. E Vágner Mancini, aquele que coloca zagueiro pra expulsar o principal adversário, sabe bem que agressão é pra vermelho.

A 1:23m do vídeo, no final do 1º tempo, Mancini vai até o juíz Vuaden perguntar sobre esse “arredondamento” da regra. E quem está por ali para coibir abusos contra a verdade dos fatos ? O goleiro leonor, o maior mau caráter (que eu conheço) do esporte brasileiro. A borboleta monarca tira Mancini de perto do árbitro e tenta convencer o técnico que não houve tapa e sim um empurrãozinho. Mancini insiste, diz que nem empurrão pode. Ceni retruca: “empurrão pode, o que não pode é dar soco”.

Aí o assassino André Dias dá sua versão da história sobre a troca de sopapos. Diz o canalha: “Socos, gente ? O que é isso ? Se aquilo ali for soco os caras que lutam boxe são o que então ?”. Depois, como em um movimento coreografado, os dois (A.Dias e Hugo) se abraçam e se beijam em frente as câmeras.

Ainda André Dias: “Pô, amigo briga, marido e mulher “briga”. Mas a gente se excedeu um pouquinho, né ? Todos nós exageramos. O mais importante, além da briga, é que ajudamos o SPFW a vencer.”

É, André Dias, você que no começo disse que não houve nada, depois assume que houve briga. Está na porta do clube leonor: entre e deixe o caráter do lado de fora. Do goleiro ao técnico, do anão lambe sacos ao presidente, ninguém ali vale um centavo furado.

O tribunal é a mãe do SPFW, o pai é a Comissão de Arbitragem. Dessa união nasceu esse filhinho de papai (e mamãe), mimadinho, que se veste com as melhores roupas quando sai e adora bater carteiras e dar seus golpes. Afinal que vai dizer que aquele ali, de gelzinho na cabeça e terninho bem cortado, é o maior patife do futebol brasileiro ?

Assista aqui o vídeo.

Read Full Post »

Rankings dos gatunos e os pontos que nos foram tirados na mão grande:

Total (até o momento e contando):

13 pontos


Carlos Eugênio Simon (RS) – 3 pontos

Carlos Eugênio Simon

Péricles Bassols Cortez (RJ) – 3 pontos

Péricles Cortez

Evandro Rogério Roman (PR) – 3 pontos

Evandro Roman

Rodrigo Braghetto (SP) – 2 pontos

Rodrigo Braghetto

Guilherme Camilo (MG) – 2 pontos

Guilherme Camilo


* Carlos Eugênio Simon
(08/11/09, Fluminense x Palmeiras) – Proeza ! Simon anulou gol legítimo de Obina, não deu um pênalti claríssimo em Danilo e seu auxiliar, Marcos Bertanha Barison, se omitiu após uma cabeçada de Alan em Armero, na frente dele. Com certeza essa atuação estará eternizada na cabeça do torcedor palmeirense.
Gol_Obina

Obina cabeceia a bola para o gol mesmo sofrendo falta do zagueiro Dalton. Simon viu o contrário da imagem.

Danilo leva um ippon do zagueiro Gum e Simon não viu nada de errado na jogada.

Danilo leva um ippon do zagueiro Gum e Simon não viu nada de errado na jogada.

Armero_cabeçada

Armero leva uma cabeçada de Alan. Veja do lado direito, a sombra do auxiliar Marcelo Barison, que se fingiu de morto.

* Péricles Bassols Cortez
(19/08/09, Coritiba x Palmeiras) – pênalti inexistente de Marcão em Thiago Gentil. Os dois jogadores se agarram simultaneamente e o atacante do Coritiba se joga. O árbitro prefere marcar o pênalti para o time da casa. Deu uma montanha de cartões amarelos, dois vermelhos, inverteu faltas e fez a típica arbitragem pró time da casa.

Marcao_Gentil

* Evandro Rogério Roman
(22/07/09, Goiás x Palmeiras) – pênalti inexistente (Wendel dá o bote na bola) quando o jogo estava 1×0 para o Palmeiras. O gol permitiu a reação do Goiás e tirou nossa vitória certa.

Wendel - Penalti

* Rodrigo Braghetto
(24/05/09, Palmeiras x SPFW) – pênalti escandaloso de Miranda em Diego Souza não marcado. O jogo foi 0x0 e poderíamos ter saído com a vitória.

Penalti em Diego Souza

* Guilherme Camilo, bandeirinha
(20/06/09, Atlético/PR x Palmeiras) – invalidou golaço de Obina marcando impedimento. O jogo foi 2×2 e tivemos um gol garfado, o que nos tirou mais uma vitória.

Gol ObinaObina TiraTeima

Read Full Post »

Mais uma vez o campeonato brasileiro é decidido “por fora”. Desde 2005, o Sveitão, passando pelos Campeonatos de Pontos Roubados (2006 e 2007) até chegar no Madonnão 2008, não temos um campeão legítimo, que merecesse vencer somente pelo futebol apresentado dentro das 4 linhas.

É o futebol brasileiro, que dizem de 1º mundo, com o DNA corrupto do Brasil. Se em todos os segmentos desse país a putaria é generalizada, porque o futebol seria diferente ?

Camp.Brasil

Mais uma ótima arte do Tito.

Read Full Post »

Fato 1: em um campeonato que é uma verdadeira palhaçada, o torcedor acaba sempre fazendo papel de palhaço. E é aí que me encaixo perfeitamente. STJBambi com critérios diferentes e com a mão leve sempre para os mesmos, erros de arbitragens grotescos que dão margem a todas interpretações, mudanças das datas dos jogos para “corrigir” a grade da emissora que comprou o campeonato. Enfim, um teatro mambembe de péssimos atores.

Hoje fomos coroados com uma atuação de Simon que mereceria investigação policial. O roubo foi acintoso, as claras e na cara de todo mundo. Fora o gol anulado de Obina, Armero foi agredido com uma cabeçada por um jogador carioca, na cara do bandeira, e o trio se fez de morto. Será que o STJBambi pedirá as imagens dessa jogada ?

Hoje foi mais um desses jogos em que mataram um pedaçinho do meu coração de torcedor. Mais um campeonato manjado, onde o que importa não é só o que se faz dentro de campo e sim o poder corruptor dos bastidores. De uma só tacada, levaram os bambis à liderança e deram uma força para livrar a cara de mais um time carioca do rebaixamento, como fizeram contra o Náutico e a favor do Botafogo, uma ou duas rodadas atrás. O Palmeiras não passa de um Náutico nos bastidores do futebol. Desanimador.

O futebol na sua essência morreu. O que vale são os resultados arrumados. E não é de hoje que vemos o circo se armar no final do triste espetáculo. Nojento.


Fato 2: o futebol do Palmeiras fez água. Em um jogo onde o adversário lutava desesperadamente para não cair a 2ª divisão e não bastasse isso, tem um time fraco e que poderia ser envolvido por um futebol meia boca. E o único lance de perigo do Palmeiras foi o gol que Obina fez e Simon, ainda não se sabe a mando de quem, anulou.

Fora o lance de gol, o Palmeiras pouco chegou ao gol carioca. Eu não me lembro de nenhum chute a gol no 2º tempo. É muito pouco pra quem almeja o título. Em um lance emblemático no 2º tempo, o zagueiro do Fluminense fez um desarme em Figueroa e saiu vibrando como se fosse um gol. Aí a câmera corta para o rosto apático de Vágner Love, mostrando o desânimo, a falta de vibração do jogador. Love fez uma partida pífia assim como a maioria dos palmeirenses que entraram em campo. E Muricy, que mais uma vez esperou o time tomar um gol (numa falha de marcação ridícula, por sinal) para mexer na equipe. Sem falar que a única “arma” do momento é a bola parada, lembrando muito um certo por onde passou o técnico.Diego Souza, o maestro, mais uma vez escondido entre os inúmeros jogadores medianos que recheavam o gramado.

Triste fim de campeonato para o Palmeiras. Onde ficamos um turno todo na liderança e quando mais se espera de um time, ele entra em campo sem pegada, sem vontade, sem criação e pior, sem a liderança. Um técnico que demora eternidades para mexer no time. Uma diretoria que é tratada pior que a do Santo André nos bastidores e só reage depois do estrago feito. Desanimador.

Read Full Post »

Apesar desse blog ser um blog palestrino, tenho que me solidarizar com os torcedores do Náutico.

Ontem jogaram Botafogo e Náutico no Engenhão, outro jogo de 6 pontos, de dois times que brigam para não cair.

O gatuno da vez, Leonardo Gaciba, além de invalidar gol legal dos pernambucanos, deu um pênalti pra lá de mandrake a favor dos cariocas, determinante para o resultado da partida.

Será que dois times do RJ não podem cair pra segundona juntos ? A CBF não deixa ?

Eu ainda cravo o Náutico como provável rebaixado, mas fazer o que fizeram ontem contra o Timbú, só para salvar um time carioca da degola, foi absolutamente vergonhoso.

 

Read Full Post »

Preste atenção, torcedor palmeirense.

Ontem o dono da CBF, leia-se futebol brasileiro,  o imortal e incansável Ricardo Teixeira disse publicamente que torce para o Flamengo ou o Atlético/MG ser campeão brasileiro de 2009. Que eu saiba o time de Teixeira é o Flamengo. Não sei se fazia média com os mineiros pois quando deu a declaração, ele participava de um evento em Belo Horizonte.

Vamos aos fatos: o Flamengo é o time do coração do dono do futebol brasileiro. O árbitro da partida de amanhã contra o Goiás é o carioca Marcelo de Lima Henrique. Esse é o mesmo árbitro que apitou o empate do Palmeiras contra o Avaí no dia 8 e expulsou Vágner Love. E pasmem, ele também é flamenguista !

Vi no Blog da Clorofila essa bela foto do referido árbitro em um momento família.

Marcelo_Henrique

Acorda Belluzzo !

Acorda Toninho !

Acorda Cipullo !

Acorda Savério !

Acorda Genaro !

Atualizado: a foto causou polêmica na internet e muitos estão dizendo que é montagem. Pode ser mesmo. Mas mesmo assim, é bom ficar de olho nesse cidadão.

Atenção Belluzzo, Toninho, Cipullo, Savério e Genaro ! Acordem, diretoria !!

Atualizado (2): a foto do gatuno pode ser falsa, mas essa abaixo é verdadeira. Morra Galvão Bueno !!

galvao_bueno

Read Full Post »

Older Posts »