Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Imprensa’

Finalmente apareceu o vídeo do “Fatality” do Lincoln na Renata Fan.

Assista e tire suas conclusões.

Vi através do Twitter do Fernando Busato.

Read Full Post »

Aqui não, Muricy !

No meu pé, não pegaram. Eu nem vi isso aí. A gente trabalha no CT e eu não vi isso. A torcida grita meu nome em todos os jogos. Vão dois ou três pichar. A torcida sempre grita meu nome, mas vocês também não valorizam nada do Palmeiras. Tudo é crise. Todo mundo perde e empata e ninguém fala nada. O Palmeiras sempre é crise. Há muita tranquilidade para eu trabalhar na Academia. – Muricy Ramalho


É Muricy, já deve ter caído a ficha porque seu ex-clube é chamado de “o mais querido”.

Aqui não, Muricy !

Read Full Post »

“No dia 18 de julho de 1925, o jornal Fanfulla noticiou a transferência de Ettore para o Clube Atlético Paulistano, dando conta que o jogador rescindira o contrato com o Palestra Italia, assinando pelos próximos dois anos e que já treinava nas fileiras do novo clube, onde passaria a atuar no meio campo. Pura especulação que, para a alegria dos palestrinos, não se concretizou. Desde aquele tempo a mídia usa sua força para plantar crises nos clubes, em especial no Palestra.”

Trecho retirado do livro “A alma palestrina” de Fernando Razzo Galuppo (pág 78).

Read Full Post »

Vamos caçar veados !

Mais uma pra cima do Belluzzo. Apareceu hoje um vídeo onde o presidente do Palmeiras está em uma festa da Mancha gritando “vamos matar os bambis”. Foi o estopim (mais um) para a imprensa conclamar a “Marcha da Família com Deus pela Liberdade II”.

Como não existe contexto para a imprensa, vamos ajudar a contar a verdade dos fatos. Belluzzo, na verdade, é um exímio caçador. Foi convidado para a reunião anual dos caçadores de veados e resolveu bradar o grito de guerra da entidade.

Entenderam ? Afinal, um dia é da caça e o outro da pesca.


Já que Belluzzo ordenou, vamos à caça !

Belluzzo voltando de uma caçada

O malvadão Belluzzo voltando de uma caçada

Read Full Post »

As baterias do STJBambi, aquele tribunal de fachada que serve sempre aos mesmos clubes, estão voltadas ao Palmeiras.

Marcos e Danilo no banco dos réus. Os dois foram indiciados no artigo 254 e podem pegar de 2 a 6 partidas. Lembrando aos incautos que acham que o futebol ainda se define dentro das 4 linhas, que Marcos estará no tribunal de fachada pelo pênalti em Jorge Henrique e Danilo por uma falta no mesmo Jorge Henrique, punida por cartão amarelo pelo árbitro da peleja. E pra provar aos incautos que acreditam que o futebol se define dentro das 4 linhas, o mesmo tribunal de fachada indiciou a borboleta monarca no artigo 250 (jogo desleal) por quase arrancar a cabeça do atacante santista, e acabou, claro, sendo absolvido.

Mesmo depois que um presidente de clube teve a coragem de expor mais um câncer do futebol brasileiro, o tribunal de fachada, pouco se comenta na mídia das decisões absurdas desses torcedores de terno e gravata.

E o “produto” futebol vai caindo em descrédito. A cada dia mais torcedores percebem que “compraram” gato por lebre, que se esqueceram de ver que a data de validade está vencida. As redações trabalham a todo vapor para contemporizar, passar para o “consumidor” que o produto está dentro das especificações. Afinal, quanto maior for a quantidade de insatisfeitos, menos “consumidores” pra enganar eles terão, menos verbas publicitárias, menos postos de trabalho, menos semi-deuses das penas e dos microfones, menos egos inflados por vaidades jornalísticas…

Read Full Post »

Segundo uma fonte do Porcopédia (diretamente de Águas de São Pedro), é dessa forma que os comentaristas esportivos  nascem:


– Todos que começam a jogar bola querem ser:


Centroavante

(se não faz gols)

Meia

(se não tem habilidade)

Volante

(se não tem garra)

Zagueiro

(se não tem recurso)

Goleiro

(se só toma frangos)

Juíz

(se não consegue decorar as 13 regras do futebol)

Comentarista de Futebol

(aí é só dar sorte de puxar o saco certo para entrar na confraria)

Famoso comentarista esportivo é clicado enquanto redigia sua coluna semanal

Famoso comentarista esportivo é clicado enquanto redige sua coluna semanal

Read Full Post »

Ontem, depois do empate heróico contra os gambás, não acompanhei nada em nenhum programa esportivo. Hoje, liguei a TV de manhã e não aguentei assistir o Redação SporTV mais que 15 minutos. O apresentador e dois jornalistas “especializados” que faziam parte da bancada, que não tenho a menor ideia de quem são, estavam analisando “jornalisticamente”, claro, as chances de cada time à conquista do campeonato.

O apresentador então, chama o maravilhoso Maurício Noriega para o debate. Todos cravaram os bambis como futuro campeão. Ninguém mais precisa jogar os jogos restantes, os especialista falaram, logo, deve ser verdade. Claro que como bons cariocas e imparciais que são, anteciparam o vice, Flamengo. Primeiro Noriega falou da partida (teatral) bambis x São Caetano genérico. É óbvio que ninguém mencionou a marmelada dos jogadores afastados apenas 1 jogo, afinal isso não é notícia para os especialistas de plantão. Noriega disse que apesar da vitória, os leonores foram dominados o jogo todo. Também não fez nenhuma menção sobre o pênalti escandaloso do zagueiro rosa em Otacílio Neto do São Caetano genérico.

A palavra passou para os dois infelizes que estão de plantão hoje, para “analisar” as condições de cada concorrente ao título. Cravaram bambis na cabeça, como bons empregados remunerados que são. Disseram que os bambis jogam só contra times fracos, enquanto o resto só pega pedreira. E no 1º turno, elas ganharam de todos os 5 times que enfrentarão a seguir e os concorrentes não. Como se o campeonato estivesse ainda em julho, com as mesmas condições, os mesmos jogadores, os mesmos times, etc. Análise típica de torcedor de buteco depois do 20º copo de cerveja.

Pensei com meus botões, se elas só pegam moleza mas foram dominadas pelo São Caetano genérico, como podem os jornalistas cravar com tanta certeza que os bambis sairão impunes das próximas partidas ? Com a palavra, os especialistas repetem a mesma ladainha. É porque os bambis tem mais elenco, cabeça fria para decisões e todos os clichês possíveis criados pelo departamento de markting rosa, que eles, os especialistas repetem como mantra.

Aí veio o melhor, a análise do jogo do Palmeiras contra os fedidos. Noriega ainda mostrou alguns jornais que destacam o empate dos italianinhos na raça, jogando todo o 2º tempo com um jogador a menos, debaixo de 40 graus na cabeça. Mas nem isso é suficiente para convencer os especialistas que ainda estamos na parada. Os jornali$tas da bancada se dividem. Um diz que o árbitro, ao não expulsar Danilo, influenciou no resultado da partida. Novamente eles se “esquecem” de falar da tentativa frustada de Dentinho em cavar um pênalti na jogada com Armero. Ali é lance para amarelo, e como já tinha, expulsão. O outro especialista, olha fixamente para a câmera e ataca Muricy. Diz que até Marcos e Danilo falaram que mereciam ser expulsos, só Muricy disse que não. Aliás, disse o especialista, Muricy vê outro jogo e deve ser por isso que só ele entende de futebol no país.

Desliguei a TV nessa hora. Ouvi e vi o bastante. O especialista fazia sua análise ainda com birrinha de Muricy, coitadinho. Quando Muricy treinava o time das moças, essa mesma impren$a dizia no máximo, que ele era um rabugento. E sua rabugice chegava até ser engraçada. Agora, treinando o time dos italianinhos, Muricy já ganhou até nota de repúdio da Aceesp. Agora pode bater, né ? Agora ele treina um time de verdade, com torcida de verdade, com história. Agora que ele saiu do time dos seus chefinhos, vocês tem carta branca sem correr risco de perder seus empreguinhos de merda. Cambada !

As redações esportivas continuam exalando o cheiro fedido do chorume que produzem. E os torcedores do Palmeiras não tolerarão mais esses torcedores profi$$ionais da mídia. O recado já foi dado à vocês no jogo contra o Goiás. Ou será que vocês não captaram ?

Será que esses especialistas, assim como os padres, pastores e afins, também receberam do próprio Deus o dom da verdade absoluta, da última palavra ? O que faz desses especialistas seres diferentes do torcedor “comum”, aquele que também acompanha e conhece de futebol como eles ? Afinal, somos todos torcedores.

Read Full Post »

Older Posts »